Leffe

A história da cerveja Leffe leva já cerca de 800 anos, nascida na Abadia de Notre-Damme de Leffe, perto de Dinant, na Bélgica. De facto, o método de fabrico aplicado em 1240 é precisamente o mesmo que hoje pauta a produção de Leffe. No século XV, a Abadia abria as portas a peregrinos de toda a parte, chegados para obter a bebida revigorante que ali se produzia (em tempos de Peste, o processo de fermentação da cerveja fervia a bebida e eliminava vírus e bactérias). No século XVIII, a Abadia produzia uma cerveja tão deliciosa que os paroquianos preferiam beber cerveja ao domingo, em vez de ir à missa.

A produção da cerveja manteve-se sempre na Abadia, atravessando os tempos, mas, em 1809, na sequência da Revolução Francesa, a actividade produtiva cessou. Foi apenas em 1952 que a Abadia voltou a produzir cerveja, pelas mãos de Albert Lootvoet, que iniciou a produção de Leffe Brune.